Fandom

Wiki Code Lyoko

Mesmo a tempo

202 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar
Portugal.png Mesmo a tempo
Brasil.png Por um fio
Lyoko13.jpg
França.png Título em francês D’un cheveu
English.png Título em inglês Just in Time
Nº de episódio total 13
Temporada 1
Episódio na temporada 13
Data de lançamento 26 de novembro do 2003
Tipo de episódio Ataque de XANA
Lista de episódios
anterior
Ataque de vespas
seguinte
A armadilha

Mesmo a tempo em Portugal e Por um fio no Brasil é o episódio 13 da temporada 1 e o número 13 em total da série Code Lyoko. Estreou-se em 26 de novembro do 2003 na França.

Argumento

O episódio começa com Jeremie a dizer que a transferência da interface está ativada, a memória virtual também, e que os digitalizadores estão prontos. Depois diz que desta vez vai funcionar, e pergunta-lhe se está pronta Aelita. Ela diz que sim, e depois ativa o programa de materialização de Jeremie. No seu ecrã, a imagem de Aelita perde cor na cabeça, e aparece uma mensagem (+), pelo que a materialização começa a trabalhar, e depois Jeremie vai à sala dos digitalizadores para ver o que aconteceu. O digitalizador abre-se e depois aparece um cabelo rosa.

Ulrich e Yumi estão a praticar Pencak Silat enquanto Odd está a jogar a procurar coisas com Kiwi. Yumi pergunta-lhe a Odd se viu a Jeremie esta manhã. Odd pensa que se passou toda a noite no laboratório a trabalhar numa coisa muito importante. Os três depois dizem: “Aelita”. Jeremie corre rápido e diz-lhes para adivinharem o que fez. Odd responde que tinha algo a ver com a materialização de Aelita. Jeremie, a seguir, informa a todos os três que “finalmente o fez”, e mostra-lhes um tubo de ensaio. Ulrich diz: “Materializaste um tubo de ensaio?” A seguir, diz-lhes que olhem o seu interior. Odd diz-lhe que só materializou um cabelo. Jeremie diz que é um cabelo de Aelita. Jeremie envergonha-se ao começo de dizer “Aelita”. Yumi pergunta-lhe como o fez.

Jeremie fala num jeito demasiado científico que os outros não percebem muito, mas dá a informação vital que o cabelo contém o ADN de Aelita. Diz que o cabelo foi só um teste antes de materializar Aelita inteira. Yumi diz: “Ouve, fazer um cabelo é uma coisa, e a materialização de Aelita não é o mesmo!”, então Jeremie pregunta se querem passar a vida a lutar contra XANA, e que quando finalmente materialize Aelita, podem desativar o super-computador duma vez por todas. A seguir, reativa-se o programa, mas mostra a janela (!), o que significa o programa não funciona. Jeremie diz que o planeou tudo com tanta perfeição. Ulrich diz que estará pronto nuns dias. Odd depois olha o seu relógio, surpreendido, e diz: “Ei, vamos, se não nos materializarmos na sala de aulas, punir-nos-ão!”

Após as aulas, na hora do almoço, Jeremie pergunta-se o que se passou. Yumi pergunta-lhe se o cabelo, que contém o código genético completo, dá o suficiente para os parâmetros para a materialização, o que seria possivelmente o erro principal. Odd diz que está só “um fio de cabelo” de distância. Depois Ulrich diz que com todos os cabelos que solta Kiwi, praticamente poderia fazer outro Kiwi. Sissi, a seguir, aproxima-se e diz que guardará silêncio sobre que Odd tem um cão se Ulrich for mais amável com ela. Yumi ameaça-a, apertando o copo, mas o cristal parte-se, e faz um corte na sua mão. Na enfermaria, Yolanda Perraudin coloca-lhe uma vendagem na mão de Yumi, e diz que o corte não é muito profundo. Yumi diz que apenas apertou o copo.

Na habitação de Jeremie, ele diz que foi um desastre, enquanto revisava Aelita, e disse que o programa de Aelita está todo cheio de erros. Diz que na materialização do cabelo, premeu um botão que não deveu ter premido, e danou-se o programa anexo, pelo que o programa de vinculação de Aelita com as torres foi destruído, e se ela entrar o Código: Lyoko na torre, formatar-se-á e apagar-se-á. Aelita diz que um programa pode ser arranjado, e que o podem fazer juntos. Depois Jeremie pede-lhe aos três a inventar desculpas para os professores. Ulrich e Odd vão até a sua habitação para encontrar os latidos de Kiwi. A janela quebra-se após do seu latido. Jim vê a janela quebrada (mas não Kiwi). Jim diz a Ulrich, “Limpa a tua cama, há cabelos em todos os lugares”. Odd envia Kiwi à habitação de Jeremie. Este, com a ajuda de Aelita, está a tentar arranjar o programa anexo, mas Kiwi mastiga a roupa de Jeremie. Os latidos estão a causar danos ao andar da escola enquanto Sissi está a caminhar. Ela grita.

Na fábrica, XANA acaba de acordar e Aelita sente pulsações. Aelita diz-lho a Jeremie e ele diz “Não pode ser. Agora não!” A cena muda com Jim e o diretor; Jim pergunta o que é que o causou, mas o diretor diz que se calhar foi a humidade. Jim suspeita que há um cão (possivelmente Kiwi) e corre à porta do dormitório, e assim que chega ao quarto de Jeremie a parede direita começa a desmoronar-se. O sr. Delmas diz que têm de evacuar o edifício. “É XANA”, diz Ulrich. Odd e diz: “Ah, sim, ele sempre…”. Os dois começam a discutir a capacidade de Kiwi para detetar o ataque e acha que XANA está a usar um ultra-som para debilitar a estrutura da escola. Então o diretor anuncia pelo intercomunicador da escola a todo mundo para evacuarem os edifícios da escola imediatamente, mas Kiwi está ainda na habitação de Odd e Ulrich. Jeremie telefona a Yumi enquanto dirige-se à fábrica.

Nos dormitórios, Odd vai procurar a Kiwi, e quando se vai embora, encontra-se com Milly e Tamiya na sua habitação (ambas não tinham ouvido o que tinha dito o diretor) e adverte-lhe que têm de ir. Juntos dirigem-se às escadas, mas quando estão prestes a baixar, um mini-terramoto açoita o edifício e destrói as escadas, que à sua vez tentam sair por outro sítio mas descobrem que estão presos porque o terramoto tinha destruído o corredor por trás deles. Ulrich chega ao laboratório e explica a situação a Jeremie, Odd telefona a Ulrich e diz-lhe o que aconteceu na escola e diz-lhe que vá sem ele a Lyoko. A seguir, outro sismo atinge o edifício causando que Odd deixe cair o seu telemóvel. Ulrich diz a Jeremie que não há mais opção que o mande a Lyoko. Enquanto isso, Yumi está a vir para Kadic quando vê que XANA agora está a atacar a cidade com o sistema de ultra-som.

Ulrich virtualiza-se no setor do bosque, onde ele e Aelita começa a fazer o seu caminho à torre, sem perceber que lhes estão a seguir um grupo de baratas. Yumi chega a Kadic para ver a escola em ruínas, e Sissi com chorosos olhos diz que Odd, Milly e Tamiya estão ainda dentro do edifício. Acontece outro sismo e Odd assinala o andar de abaixo e dá instruções às meninas para se deslizarem para abaixo com ele até um local mais seguro. Em Lyoko, Aelita e Ulrich chegam a um cruzamento com o ataque de baratas, atingindo Ulrich na perna. Yumi chega à fábrica, que também está a tomar medidas enérgicas contra os ataques de XANA. Jeremie virtualiza-a imediatamente em Lyoko, enquanto Ulrich e Aelita tentam fugir dos monstros de XANA, que chegam até outro cruzamento e estão cercados quando Yumi se apresenta e conseguem destruir as baratas. A seguir, correm por outro caminho em local do da torre.

Na escola, Odd e as meninas baixaram até o andar inferior e mas a saída está bloqueada pelas ruínas quando outro terramoto lhes açoita. Em Lyoko, um caranguejo aparece, Ulrich consegue derrotá-lo mas é imediatamente seguido por mais três obrigando a Ulrich, Yumi e Aelita refugiar-se numa raiz de árvore oco. Jeremie terminou o programa de reparo e tenta fazê-lo funcionar, mas foi em vão, ao mesmo tempo o teto do laboratório está a afundar-se ao seu ao redor. Então Aelita toma a decisão de que apesar de se enfrentar a desaparecer para sempre, deve desativar a torre. Embora os protestos de Jeremie, os três movem-se, Ulrich consegue destruir um dos caranguejos, mas é desvirtualizado por um dos outros, enquanto Yumi envia Aelita à torre. Aelita dá a Yumi um gesto de despedida e dirige-se à torre, a seguir, Yumi consegue destruir a outro caranguejo. Mesmo sabendo que Aelita estava na torre, Yumi levanta os seus braços e faz-se desvirtualizar pelo último caranguejo (como um “ato suicida”). Na escola, uma grande série de sismos começou a causar que caiam ruínas por todas partes. Odd, Milly e Tamiya apinham-se perto quando parte da construção começa a afundar-se. Na torre, Aelita chega ao andar superior da torre enquanto Jeremie está a pedir-lhe para parar, ela diz adeus e entra o código: Lyoko. Os sismos de repente param em Kadic e Jeremie com lágrimas nos olhos lança um regresso ao passado.

O grupo está no laboratório de luto por Aelita e Jeremie a tentar convencer-se que não tem sido culpa dele. Yumi então diz que se o cabelo que se materializou, ao ser uma parte de Aelita materializada, continha todo o seu ADN, poderia restaurar à Aelita virtual se o digitalizassem. Colocam-no no digitalizador e vêem como os códigos de Aelita se restauram e Aelita em Lyoko volta a aparecer numa das torres. O grupo está muito contente, e Jeremie diz que desta vez só a tinham perdido “por um fio de cabelo”, o grupo começa a rir e o episódio termina.

Imagens

Sucessão de episódios

Episódio anterior Episódio atual Episódio seguinte
12: Ataque de vespas 13: Mesmo a tempo 14: A armadilha

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória